Desenvolvimento Nordestino

com Responsabilidade Social e Ambiental

Leite de Cabra

Posted by Desenvolvimento Nordestino em agosto 11, 2007

extraido de : http://globoreporter.globo.com/Globoreporter/0,19125,TOK0-2706-17982-3-0,00.html

TOPICO RELACIONADO: http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=6205238&tid=2548651567885006180&na=4 

O padre e as cabras
Fotos
Por Sandro Dalpícolo

O movimento é quase instintivo. Quando fala o nome do padre, o homem tira o chapéu da cabeça e, por um momento, o segura lá no alto, enquanto ergue os olhos, à procura do céu. “Para nós, é Deus lá em cima e padre João aqui na terra”. Frase dita, chapéu de volta à cabeça, a prosa segue seu rumo. Mais do que uma reverência, a fala e o gesto do sertanejo são de pura gratidão.O homem conta que a seca, no fim dos anos 80, deixou a vida ainda mais difícil no sertão. A situação era tão grave que muitas crianças não resistiram. Infância e morte tinham ficado próximas demais, por conta da desnutrição. Naquela época, na região de Sobral, norte do Ceará, o sentimento dos moradores misturava conformismo e desespero. Eram pais e mães que já não se importavam com a própria fome, mas queriam tentar salvar a vida dos filhos.Foi nesse cenário que o homem chamado de santo fez milagre com o que tinha nas mãos. Padre João teve a idéia de tirar das cabras, bem adaptadas à vegetação escassa da região, o alimento para as crianças que padeciam com a seca. O plano era simples: a Igreja entregava, de graça, uma cabra para cada família atingida pela seca. Quem recebia o bichinho garantia o leite, mas tinha o compromisso de, quando as cabras dessem cria, repassar as duas primeiras fêmeas a outras famílias necessitadas. Se nascessem machos, os cabritos poderiam ser vendidos ou ir para a panela, ao gosto do dono. As cabras, não, nunca. E foi assim que o leite jorrou na caatinga.Sábio padre João. Ao multiplicar as cabras sertão adentro, não só alimentava as crianças, como aumentava, também, seu próprio rebanho, no mais genuíno espírito fraterno. Mesmo enfrentando dificuldades, as pessoas experimentaram o prazer de ajudar outros iguais. Em pouco tempo, meninos e meninas nascidos nas comunidades mais pobres foram ganhando peso, resistindo, sobrevivendo. E não se tem notícia de que uma cabra de leite tenha sido abatida ou vendida. Quem seria tolo de fazer secar a fonte de sustento, sem saber quando virá a próxima seca?Quando ouvimos essa história, no povoado de São Domingos, vizinho de Sobral, o homem de quem falavam os sertanejos não estava por perto. Alguns disseram que padre João tinha viajado. Outros contaram que ele andava meio adoentado. Homens e mulheres o descreveram como alguém que nasceu numa família de posses e era desapegado a bens materiais. Zeloso de seus fiéis e descuidado da própria saúde. Um senhor que usa uma sandália velha para caminhar entre os humildes e um Fusquinha para chegar até eles, pelas veredas do sertão. Dele, guardamos apenas a imagem de um sorriso numa foto desbotada, impressa numa velha camiseta de algodão que um morador do povoado vestia, orgulhoso.Talvez padre João tenha preferido ficar distante e não aparecer na reportagem. Talvez quisesse fazer valer a máxima de que conta-se o milagre, mas não se entrega o santo. Sem saber, mesmo de longe, ele nos ensinou a ver a nossa lista de alimentos com outros olhos. Fez com que percebêssemos que, neste Brasil imenso, muitas vezes, o melhor alimento, o mais saudável de todos, é aquele que simplesmente mata a fome e enche de esperança o coração das pessoas.Um abraço,Sandro Dalpícolo
Repórter

http://globoreporter.globo.com/Globoreporter/0,19125,VVM0-2708-17982-3-0,00.html

Nome: LEITE DE CABRA
Informações:


Márcia Amici – nutricionista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) que está analisando os dados de crianças que tomaram o leite de cabra modificado
E-mail: marciarochaamici@hotmail.com

Marco Bonfim – pesquisador da Embrapa que está modificando o leite de cabra para obter melhores efeitos na saúde
Site: www.cnpc.embrapa.br/sac.htm

Projeto Cabra Nossa – comunidade de São Domingos, Sobral (CE)
E-mail: cabranossa@sobral.org

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: